Fotos CRAD

Projeto APA

 

 1. RECUPERAÇÃO E GESTÃO PARTICIPATIVA DA APA GAMA E CABEÇA DE VEADO.

 

          Com o objetivo de buscar a implementação dos instrumentos de gestão da APA Gama e Cabeça de Veado e dar início a um trabalho constante de conservação, preservação, recuperação, restauração, pesquisa e educação ambiental sobre a APA  e o Bioma Cerrado, a UnB, em parceria com o IVV e outras organizações, públicas e privadas, criou o Projeto Recuperação e Gestão Participativa da APA Gama e Cabeça de Veado ou simplesmente Projeto APA , o qual foi apresentado ao Fundo Nacional de Meio Ambiente/Ministério do Meio Ambiente, vindo a ser aprovado em 2002 e concluído em 2004. Em 2005, o Projeto APA  encontrou no Edital Nascentes nº 2/2005, do FNMA, uma oportunidade de dar seguimento as suas atividades, ainda com a possibilidade de agregar e expandir novos conhecimentos aos seus trabalhos, ampliando a abrangência de ação para as bacias do São Francisco e São Bartolomeu, DF.

   

2. REESTABELECIMENTO DA INTEGRIDADE ECOLÔGICA E ECOGESTÃO NAS BACIAS DOS SÃO FRANCISCO E PARANOÁ, DF.

 

          Projeto "Restabelecimento da integridade ecológica e ecogestão nas bacias do São Francisco e Paranoá, DF" Contrato de repasse nº 0186.941-92/2005/FNMA/MMA/CAIXA - Edital Nascentes nº 2/2005 de 02/12/2005.

          Cabe lembrar que os trabalhos de conservação, nas áreas de recuperação propostas nesse projeto aprovado em 2005, iniciaram-se muito antes. Em 1986, começa a história do Projeto original denominado "Projeto APA", quando os professores do Departamento de Engenharia Florestal da UnB, liderados pela saudosa Profa. Jeanine Maria Felfili, já esboçavam a criação, no Distrito Federal, de uma unidade de conservação capaz de congregar, de um lado, estratégias de pesquisa de longa duração no Bioma Cerrado e a proteção integral de representações de seus ecossistemas e, de outro, o controle da ocupação humana, o uso racional dos recursos naturais e a manutenção de sua qualidade de vida. Neste ano, foi criada pelo Decreto n. 9.417, no território das Regiões administrativas do Park Way, Lago Sul e Candangolândia, a Área de Proteção Ambiental APA dos Ribeirões Gama e Cabeça de Veado. Cuida-se aqui de uma área extremamente importante do ponto de vista da conservação ambiental e da pesquisa científica no Bioma cerrado e de seus recursos naturais (água, solo, sub-solo, fauna, flora e genes). Para o DF,  a APA é especialmente estratégica já que é responsável por aproximadamente 1/3 da água que drena para o Lago Paranoá, fonte de energia elétrica e, em breve, água para consumo humano.         

          O projeto tem como objetivos: 

- Avaliar a integridade biológica nestas bacias, analisando as condições ambientais, por meio do monitoramento e inventário da biota aquática e flora terrestre;

- Selecionar áreas de  referência de qualidade ambiental como parâmetros para recuperação de áreas degradadas;

- Avaliar o status de conservação das espécies e ecossistemas;

- Propor a articulação do conhecimento e habilidades das comunidades com o embasamento teórico científico e tecnologias apropriadas à sustentabilidade ambiental, especialmente na recuperação da vegetação no Cerrado.

 

Parceiros

Instituto Vida Verde

 

ief

  

Codevasf01

 

rede sementes

srhu-mma  

Login Membros



Online

Nós temos 5 visitantes online

Visitantes

105310
TodayToday20
YesterdayYesterday50
This weekThis week171
This monthThis month563
AllAll105310

Universidade de Brasília- UnB

Centro de Referência em Conservação da Natureza e Recuperação de Áreas Degradadas - CRAD

Telefones: (61)3107-0099 - (61)3107-0097 – (61)3107-0096 - E-mail: crad@unb.br

Campus Universitário Darcy Ribeiro, Brasília - CEP 70910-900, Gleba A, Ala Sul,

Prédio: JEANINE M. FELFILI - CRAD.